Descubra mais positividade

Tags

Florais de Bach

Dr. Bach, na minha opinião, um homem a frente de seu tempo, dedicou toda a sua vida para encontrar meios de ajudar a aliviar o sofrimento.

Dr. Edward Bach

Completou sua formação básica em medicina em 1912, aos vinte e seis anos de idade, e em seu trabalho como bacteriologista, fisiologista e patologista, foi pioneiro, pois desenvolveu vacinas.

Descobriu os nosódios de Bach, que são remédios homeopáticos a partir de secreções ou amostras patológicas colhidas durante uma doença.

Mas dizem que foi em um jantar, que ele entediado passa a observar os convidados e fazer anotações. Percebeu que algumas pessoas tinham o mesmo gestual, como se pertencessem a uma mesma família e ele foi associando a ideia de que a doença começava com os problemas emocionais e não físicos, este foi o início de sua busca incessante por uma nova forma de cura.

Dizem que ele buscava uma forma de ajudar a humanidade com um instrumento simples de cura. O objetivo é que pessoas comuns pudessem fazer uso de algo natural e que pudesse desta forma restabelecer a saúde. Ele queria que a mãe tivesse o floral em casa e que se o filho adoecesse, ela mesma pudesse indicar um floral para o seu pequeno.

Os 38 remédios Florais de Dr. Bach estão entre os métodos sutis de cura.

Em 1934, ele escreveu o seguinte em relação ao modo como operam os Florais:

“A ação desses remédios consiste em elevar nossas vibrações e abrir nossos canais para a recepção do Eu Espiritual; em inundar nossa natureza com a virtude particular do que precisamos, e em expurgar de nós o erro que causa o mal. Elas são capazes, como uma música bonita ou qualquer outra coisa gloriosa, que nos eleva e inspira, de alçar nossa própria natureza, de aproximar-nos de nossa alma e, por esse mesmo ato, de dar-nos paz e aliviar nossos sofrimentos. Elas não curam atacando a moléstia, mas inundando-nos o corpo com as formosas vibrações da nossa Natureza Superior, na presença das quais a moléstia se derrete, qual neve ao calor do Sol.

Não haverá cura verdadeira se não houver mudança na aparência, paz de espírito, e felicidade interior.” (Trecho extraído do livro: Terapia Floral do Dr. Bach – Teoria e Prática – Mechthild Scheffer – Editora Pensamento)

Como os Florais são feitos?

A maioria é preparada pelo Sistema Solar, onde as plantas são mergulhadas em água pura e expostas diretamente ao sol durante algum tempo até que a energia das mesmas passe para a água.

Há também o Método da Fervura, no qual o procedimento é super simples, ferve-se tudo por meia hora. Em ambos os casos, após estes processos, a água energizada é misturada com uma quantia igual de brandy. Esta mistura passa a se chamar então tintura mãe.

A tintura mãe é então diluída mais uma vez, e o resultado são os florais que encontramos a venda nas farmácias.

Costumo dizer para os meus clientes que os Florais de Bach são luz, pois nos levam ao caminho do autoconhecimento. Um caminho sem volta, porque no fim da estrada com certeza, seremos pessoas melhores. Seremos um versão bem melhor de nós mesmos.

Eles conseguem nos proporcionar um grande mergulho dentro de nós mesmos. É um mergulho com o objetivo de trazer a tona novamente as nossas qualidades que muitas vezes ficam adormecidas...

É o resgaste de nós mesmos!

E para finalizar, mais uma das frases maravilhosas de Bach:

“Nossa saúde física depende do nosso modo de pensar, dos nossos sentimentos e emoções.”

Boas reflexões!

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social

©2018 Castellani Terapia Holística harmonizada por Universo Expandido