Descubra mais positividade

Tags

DESABAFA!

Semana passada fomos surpreendidos pela triste notícia de que um aluno de uma escola próxima cometeu suicídio!


Enforcou-se!



Não o conhecia, mas, apesar de não saber quem era este menino, ficamos muito chocados e extremamente tristes!


Parece que estas coisas só acontecem em filmes e séries, mas quando ocorre ao nosso lado, começo a refletir sobre a vida...


Corremos feito loucos todos os dias, trânsito, horários fixos, muito trabalho a fazer e volta e meia me questiono o motivo de tanta agitação, porém não encontro respostas.

Parece que estamos levando a vida no piloto-automático! Estamos alienados, estamos tão ligados nas tecnologias e nas redes sociais, que estamos esquecendo de interagir com quem está ao nosso lado.


O que será que levou este rapaz em tão tenra idade a fazer algo assim? Será que estava deprimido? Será que tinha amigos? Será que sofria em silêncio? Será que se sentia sozinho? Será que pediu ajuda?


Tantas perguntas que ficarão sem respostas...


E o que me deixou mais indignada é que quando os alunos perguntaram para uma certa professora o que havia ocorrido, disseram que ela simplesmente respondeu que ele havia morrido!!! Isso todos os alunos já sabiam! Era óbvio! Porém, naquele momento os jovens queriam tentar entender o motivo daquela tragédia! Talvez eles quisessem uma palavra amiga...

E a professora, infelizmente perdeu a oportunidade de conversar com os alunos! Perdeu a oportunidade de ouvi-los, perdeu a oportunidade de deixar as formalidades de lado e agir como um ser humano que acolhe, que se coloca a disposição daqueles jovens tão inexperientes e despreparados para lidar com a vida e com os problemas!


Comecei a pensar que talvez aquele jovem que se foi, também tivesse tentado falar com várias pessoas, também tivesse feito perguntas e não encontrou ninguém para escutá-lo! Alguém com ele pudesse ter compartilhado suas dores, seus anseios, seus medos, seus sonhos... Assim como aconteceu com a protagonista Hanah Baker na famosa série “13 reasons why”, a jovem procurou ajuda antes de suicidar-se, foi atrás de amigos, de professores, do coordenador, dos próprios pais, porém não foi ouvida! Todos estavam muito envolvidos em seus próprios mundos e ninguém conseguiu entender o pedido de socorro dela! Bastava uma só palavra, talvez um abraço, um olhar de cumplicidade mostrando suporte e carinho, um toque, um ombro amigo e o desfecho com certeza teria sido diferente!



Tenho a sensação que o mundo está adoecido e que os jovens são os que mais sofrem no momento! A sociedade criou a ideia de uma falsa felicidade, onde o ter se sobrepõe ao ser, onde temos quase que a obrigação moral de ter sucesso, de sermos ricos, bem sucedidos, felizes e se a nossa realidade não for esta é como se fossemos excluídos do contexto, então, a partir destes alicerces montados em areia movediça, estamos criando jovens inexperientes, que acabam se tornando vulneráveis, uma vez que não estão preparados para lidar com o fracasso!

Uma outra coisa que me irrita profundamente é quando há alguém com depressão e a sociedade muitas vezes diz que a pessoa está com frescura. Que não tem o que fazer, por isso está depressiva ou ainda pior...Esta foi a última que ouvi: “Dá um tanque de roupa suja para ela lavar, que a depressão passa!!!”


Absurdo, atrás de absurdo!!!


Depressão é coisa séria! É preciso ajuda especializada de médicos, psicólogos, psiquiatras etc

Não é brincadeira, de forma alguma! E não pode, jamais, ser tema de piadas!

E precisamos também começar a abrir o jogo e falar sobre suicídio mais abertamente! Este tema não pode ser um tabu! Temos que ter a chance de falar e também de ouvir a opinião das pessoas sobre suicídio. Precisamos perder o receio de falar sobre este assunto, pois só assim começaremos a perceber a dor do outro. Só assim conseguiremos entender um pouco melhor o outro. Precisamos aprender a observar melhor o outro, porque um potencial suicida muitas vezes dá sinal de sua luta interna. Ele na verdade, acredito eu, talvez nem queira tirar a sua própria vida, o que ele quer na verdade é sentir-se amado!

Uma vez estava em uma fila de banco e comecei a conversar com uma mulher. Dei atenção a ela, creio que se sentiu a vontade e acabou me dizendo que havia passado por um problema bem complicado e que havia pensado em se matar. Perguntei-lhe o motivo e ela me disse que não pensava em acabar com a vida, ela gostaria apenas de acabar com a dor!


Muito triste!


O que podemos fazer para ajudar?


Quando uma pessoa se sente assim, com um dor enorme que parece que não vai suportar, precisamos acolher, amparar, mostrar que estamos junto, dando apoio moral e muito amor.

Precisamos nos colocar a disposição!

Acredito que precisamos interagir mais, conversar uns com os outros, olho no olho, sabe! Precisamos deixar de lado o celular e abraçar mais, beijar mais, rir mais! Muitas vezes há pessoas sofrendo ao nosso lado que só querem um abraço e infelizmente nem percebemos porque estamos sempre ocupados demais!!!


Parece que estamos robotizados!


Precisamos compreender que os erros nos fortalecem, nos tornam mais preparados e que para atingir o sucesso, erros e fracassos são inevitáveis. E que a dor vai nos atingir muitas vezes, faz parte da vida!


Precisamos também fortalecer laços de amizades, amigos fiéis são aqueles que nos amparam em momentos difíceis, sem a falsa ilusão de que uma amizade verdadeira é aquela em que tudo é perfeito! Amigos de verdade discordam uns dos outros, brigam as vezes, ficam sem se falar, entretanto sabem lá no fundo de seus corações que tudo isto é normal, porque uma amizade é um laço muito forte e as tempestades não tem o poder de destruí-las.


A partir de hoje te convido a fazer parte de uma campanha permanente que se chama:

“DESABAFA”


Coloque para fora o que te sufoca, compartilhe seus problemas! Procure ajuda especializada! Desabafa!


Fale com seus amigos e familiares! Desabafa!


Não permita que a dor te sufoque! Desabafa!


Se você quiser, escreva para mim! Conte-me a sua história! Terei prazer em ouvi-lo! Desabafa...





  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social

©2018 Castellani Terapia Holística harmonizada por Universo Expandido